A Mastectomia é uma Garantia Contra o Câncer de Mama? Descubra se o Câncer pode Voltar Após a Cirurgia

A mastectomia é uma cirurgia comum para o tratamento do câncer de mama. Embora ajude a remover o tumor, muitas mulheres se perguntam se a mastectomia é uma garantia contra o câncer de mama. Infelizmente, a resposta não é tão simples quanto gostaríamos. Embora a mastectomia possa reduzir significativamente o risco de recorrência, ainda há uma chance de que o câncer possa voltar. Neste artigo, vamos explorar as causas da recorrência do câncer de mama após a mastectomia e como as mulheres podem monitorar sua saúde para evitar o reaparecimento da doença.

O que é a Mastectomia?

A mastectomia é uma cirurgia que remove toda ou parte da mama, geralmente como tratamento para o câncer de mama. Existem vários tipos de mastectomia, incluindo:

– Mastectomia total: remove toda a mama
– Mastectomia parcial: remove apenas a parte afetada da mama
– Mastectomia profilática: remove uma ou ambas as mamas para reduzir o risco de câncer em mulheres com alto risco

Após a mastectomia, muitas mulheres optam por passar por uma reconstrução mamária para restaurar a aparência da mama.

A Mastectomia é uma Garantia Contra o Câncer de Mama?

Infelizmente, a mastectomia não é uma garantia contra o câncer de mama. Embora a cirurgia ajude a remover o tumor, ainda há uma chance de que as células cancerígenas possam permanecer no corpo. Se o câncer se espalhar para outras áreas do corpo, isso é conhecido como metástase.

A recorrência do câncer de mama após a mastectomia é relativamente rara, mas ainda pode acontecer. De acordo com a American Cancer Society, a taxa de recorrência do câncer de mama após a mastectomia é de cerca de 5% em cinco anos e 10% em dez anos. No entanto, isso pode variar dependendo do estágio do câncer e do tipo de tratamento que a mulher recebe.

Causas da Recorrência do Câncer de Mama após a Mastectomia

Existem várias razões pelas quais o câncer de mama pode voltar após a mastectomia. Algumas das causas mais comuns incluem:

– Células cancerígenas remanescentes: é possível que as células cancerígenas permaneçam no corpo após a mastectomia, o que pode levar à recorrência do câncer.
– Metástase: se o câncer se espalhar para outras áreas do corpo, pode levar à recorrência do câncer de mama.
– Terapia hormonal: algumas mulheres recebem terapia hormonal após a mastectomia para ajudar a reduzir o risco de recorrência. No entanto, se a terapia hormonal não for eficaz, o câncer pode voltar.
– Mutação genética: algumas mulheres têm uma mutação genética que as torna mais propensas a desenvolver câncer de mama. Se uma mulher tiver essa mutação genética, ela pode ter um risco maior de recorrência de câncer de mama após a mastectomia.

Como se Prevenir da Recorrência do Câncer de Mama após a Mastectomia

Embora a recorrência do câncer de mama após a mastectomia possa acontecer, existem etapas que as mulheres podem seguir para reduzir o risco de recorrência. Aqui estão algumas maneiras de se prevenir da recorrência do câncer de mama após a mastectomia:

– Exames regulares: as mulheres devem fazer exames regulares com seu médico para monitorar sua saúde e detectar qualquer recorrência do câncer o mais cedo possível.
– Autoexame de mama: as mulheres devem se certificar de realizar o autoexame de mama regularmente para detectar quaisquer mudanças na mama ou nos tecidos circundantes.
– Terapia hormonal: algumas mulheres podem se beneficiar da terapia hormonal após a mastectomia para reduzir o risco de recorrência do câncer de mama. Se uma mulher receber terapia hormonal, é importante que ela siga as instruções de seu médico cuidadosamente.
– Estilo de vida saudável: o exercício regular, a alimentação saudável e a redução do estresse podem ajudar a reduzir o risco de recorrência do câncer de mama após a mastectomia.

Conclusão

Embora a mastectomia possa ajudar a reduzir o risco de recorrência do câncer de mama, ainda há uma chance de que o câncer possa voltar após a cirurgia. As mulheres que passaram por uma mastectomia devem continuar a monitorar sua saúde e seguir as etapas recomendadas para reduzir o risco de recorrência. Se uma mulher notar quaisquer sintomas de recorrência do câncer de mama, é importante que ela entre em contato com seu médico imediatamente para obter tratamento.

Tags: No tags

Comments are closed.