Artrite reumatoide aposenta: entenda como lidar com a condição enquanto trabalha

A artrite reumatoide é uma condição crônica que afeta as articulações do corpo, causando dor, inchaço e rigidez. Infelizmente, muitas pessoas que sofrem com essa condição têm que lidar não só com os sintomas incômodos, mas também com a possibilidade de ter que se aposentar precocemente. Mas será que é realmente necessário deixar o trabalho por conta da artrite reumatoide?

Neste artigo, vamos falar sobre como a artrite reumatoide pode impactar a carreira profissional de uma pessoa e quais são as opções disponíveis para quem quer continuar trabalhando. Além disso, vamos dar dicas valiosas para lidar com a condição enquanto se mantém produtivo e saudável no ambiente de trabalho.

Como a artrite reumatoide pode afetar a carreira profissional

É fato que a artrite reumatoide pode ter um impacto significativo na qualidade de vida de uma pessoa, afetando sua capacidade de realizar atividades cotidianas em casa e no trabalho. Quando se trata de trabalho, a artrite reumatoide pode afetar a produtividade e a eficiência de uma pessoa, além de limitar sua mobilidade e flexibilidade.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Nacional de Artrite dos Estados Unidos, cerca de um terço dos pacientes com artrite reumatoide relatam ter deixado o trabalho antecipadamente como resultado da condição. Além disso, muitos pacientes relatam dificuldades em encontrar empregos adequados às suas necessidades, como horários flexíveis e ambientes de trabalho adaptados.

No entanto, é importante destacar que a artrite reumatoide não é uma sentença de aposentadoria precoce. Com o tratamento adequado e a adoção de hábitos saudáveis, é possível controlar os sintomas da condição e continuar trabalhando.

Opções para quem quer continuar trabalhando com artrite reumatoide

Se você tem artrite reumatoide e quer continuar trabalhando, existem várias opções que podem ajudá-lo a alcançar esse objetivo. Algumas das opções mais comuns incluem:

– Horários flexíveis: se a rigidez matinal é um problema para você, pode ser útil conversar com seu empregador sobre horários de trabalho flexíveis. Isso pode permitir que você comece a trabalhar mais tarde pela manhã e termine mais tarde à noite, dando a você tempo para se mover e se preparar para o dia.
– Trabalho remoto: se você tem dificuldades para se deslocar até o trabalho, pode ser útil discutir a possibilidade de trabalhar remotamente com seu empregador. Isso pode permitir que você trabalhe de casa ou de outro local mais próximo de sua casa.
– Modificações no ambiente de trabalho: se você tem problemas para se movimentar ou se sentar confortavelmente em sua estação de trabalho, considere discutir com seu empregador a possibilidade de fazer modificações no ambiente de trabalho. Isso pode incluir coisas como cadeiras ergonômicas, teclados especializados e apoios para os pés.
– Conversar com o médico: se você está com dificuldades para controlar seus sintomas de artrite reumatoide, é importante conversar com seu médico sobre opções de tratamento. Existem muitas opções de tratamento disponíveis, incluindo medicamentos, fisioterapia e terapia ocupacional, que podem ajudá-lo a controlar seus sintomas e continuar trabalhando com segurança.

Dicas para lidar com a artrite reumatoide no ambiente de trabalho

Além das opções mencionadas acima, existem várias dicas que podem ajudá-lo a lidar com os sintomas de artrite reumatoide no ambiente de trabalho. Algumas dessas dicas incluem:

– Fazer pausas regulares: se você passa muito tempo sentado ou em uma posição, é importante fazer pausas regulares para se levantar, caminhar e se esticar. Isso pode ajudar a melhorar a circulação sanguínea e reduzir a rigidez e o inchaço nas articulações.
– Usar ferramentas adaptadas: existem muitas ferramentas disponíveis que podem ajudar a tornar as tarefas diárias mais fáceis de realizar. Isso pode incluir coisas como abridores de latas, tesouras com alças ergonômicas e canetas com formato especial.
– Manter uma dieta saudável: comer uma dieta equilibrada e saudável pode ajudar a reduzir a inflamação e os sintomas de artrite reumatoide. Tente incluir alimentos ricos em ômega-3, como peixes oleosos, nozes e sementes em sua dieta.
– Fazer exercícios leves: embora o repouso seja importante para permitir a recuperação das articulações, é importante manter-se fisicamente ativo. Tente fazer exercícios leves, como caminhar ou nadar, para manter a força e a flexibilidade das articulações.

Conclusão

A artrite reumatoide pode ser uma condição debilitante, mas não precisa ser uma sentença de aposentadoria precoce. Com o tratamento adequado e a adoção de hábitos saudáveis, é possível controlar os sintomas da condição e continuar trabalhando. É importante que os pacientes com artrite reumatoide conversem com seus médicos e empregadores para discutir opções viáveis para continuar trabalhando com segurança e eficiência. Lembre-se de que a artrite reumatoide não precisa controlar sua vida profissional – com as opções certas, é possível trabalhar e viver bem com a condição.

Tags: No tags

Comments are closed.