Artrite reumatoide: uma doença que pode causar graves consequências

Você sabia que a artrite reumatoide pode matar? Essa é uma doença crônica autoimune que afeta as articulações e pode levar a deformidades, além de aumentar o risco de outras complicações que podem ser fatais. Neste artigo, vamos explicar como essa doença pode ser perigosa e quais são as formas de tratamento disponíveis.

O que é artrite reumatoide?

A artrite reumatoide é uma doença autoimune que afeta as articulações, causando inflamação, dor, rigidez e perda de função. Ela ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca as células saudáveis das articulações por engano, causando danos às cartilagens, ossos e ligamentos. A doença pode afetar outras partes do corpo, como pele, olhos, pulmões e coração.

A artrite reumatoide pode afetar pessoas de todas as idades e sexos, mas é mais comum em mulheres com mais de 40 anos. Os sintomas podem variar de leves a graves e podem incluir:

-Dor nas articulações, especialmente nas mãos, dedos, punho, cotovelo, joelhos e tornozelos;
-Rigidez matinal, que pode durar horas;
-Fadiga constante;
-Inchaço nas articulações;
-Febre baixa;
-Perda de apetite;
-Perda de peso.

Esses sintomas podem piorar com o tempo, danificando gravemente as articulações e reduzindo a qualidade de vida do paciente. Além disso, a artrite reumatoide pode levar a outras complicações graves.

Complicações da artrite reumatoide

A artrite reumatoide pode causar várias complicações, que podem variar de leves a fatais. Algumas das complicações mais comuns incluem:

-Deformidades articulares: quando a doença é grave, ela pode causar deformidades nas articulações, tornando-as disformes e prejudicando a mobilidade do paciente.
-Infecções: a artrite reumatoide pode aumentar o risco de infecções, especialmente em pacientes que tomam medicamentos imunossupressores para tratar a doença.
-Doença cardiovascular: a inflamação causada pela artrite reumatoide pode danificar o tecido do coração, aumentando o risco de doenças cardiovasculares, como angina, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.
-Pulmão: a artrite reumatoide pode afetar os pulmões, causando inflamação e cicatrizes nos tecidos pulmonares, o que pode levar a dificuldade para respirar, tosse e fadiga.
-Infertilidade: a artrite reumatoide pode afetar a fertilidade em homens e mulheres, tornando difícil ou impossível a concepção.

Essas complicações podem ser evitadas ou tratadas com um diagnóstico precoce e um tratamento adequado.

Tratamento da artrite reumatoide

O tratamento da artrite reumatoide pode ajudar a aliviar os sintomas, retardar ou mesmo interromper a progressão da doença e prevenir complicações graves. O tratamento geralmente envolve uma combinação de medicamentos e terapia ocupacional ou física.

Os medicamentos mais comuns para o tratamento da artrite reumatoide incluem:

-AINEs: anti-inflamatórios não esteroides, que ajudam a aliviar a dor e a inflamação;
-Corticosteroides: que podem ser usados para aliviar a inflamação aguda;
-DMARDs: drogas modificadoras da doença, que ajudam a retardar ou interromper a progressão da doença;
-Biologics: medicamentos que visam proteger o sistema imunológico do corpo, diminuindo a inflamação.

Além disso, a terapia ocupacional pode ajudar a melhorar a mobilidade e a função das articulações afetadas, enquanto a terapia física pode fortalecer os músculos e melhorar a postura e o equilíbrio.

Conclusão

A artrite reumatoide é uma doença autoimune que afeta as articulações e pode levar a graves complicações. Embora não seja uma doença fatal, ela pode aumentar o risco de outras doenças que podem ser fatais, como doenças cardiovasculares e infecções. É importante procurar um médico se você tiver sintomas de artrite reumatoide, para um diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Existem vários medicamentos e terapias que podem ajudar a aliviar os sintomas e prevenir complicações graves. Não deixe a artrite reumatoide afetar sua qualidade de vida. Com um tratamento adequado, você pode manter suas articulações saudáveis e viver uma vida ativa e feliz.

Tags: No tags

Comments are closed.