Auxílio doença: entenda como ele pode contar como tempo de contribuição

O auxílio doença é um benefício concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para trabalhadores que estão temporariamente incapacitados de exercerem suas atividades laborais em decorrência de uma doença ou acidente. Além de ajudar financeiramente nesse período difícil, muitos trabalhadores se perguntam se esse tempo é contabilizado como tempo de contribuição para a aposentadoria.

A resposta é sim! O período em que o trabalhador recebe o auxílio doença conta como tempo de contribuição para a previdência social, desde que esteja dentro do prazo máximo de recebimento do benefício. Isso significa que, enquanto estiver afastado, o trabalhador ainda estará contribuindo para sua aposentadoria.

Para entender melhor esse processo, é importante saber como o auxílio doença é concedido e como ele é contabilizado como tempo de contribuição. Continue lendo e saiba mais sobre esse assunto.

O que é o auxílio doença?

O auxílio doença é um benefício previdenciário concedido pelo INSS para trabalhadores que estão temporariamente incapacitados de exercerem suas atividades laborais por mais de 15 dias consecutivos. Esse afastamento pode ser decorrente de uma doença ou acidente de trabalho.

Para ter direito ao benefício, o trabalhador deverá comprovar que está impossibilitado de trabalhar. Essa comprovação pode ser feita mediante perícia médica realizada pelo INSS. Além disso, o trabalhador deverá ter qualidade de segurado, ou seja, estar em dia com as contribuições previdenciárias ou dentro do prazo de manutenção da qualidade de segurado.

Quanto tempo o trabalhador pode receber o auxílio doença?

O tempo máximo de recebimento do auxílio doença varia de acordo com a gravidade da doença ou acidente. Para casos de doenças consideradas graves, como câncer e AIDS, o trabalhador pode receber o benefício enquanto estiver incapacitado para o trabalho. Já para outros casos, o trabalhador poderá receber o benefício por até 120 dias, prorrogáveis por mais 60 dias, se houver necessidade.

Como o período de afastamento é contabilizado como tempo de contribuição?

O período em que o trabalhador recebe o auxílio doença é contabilizado como tempo de contribuição para a previdência social, desde que esteja dentro do prazo máximo de recebimento do benefício. Isso significa que o trabalhador continuará contribuindo para sua aposentadoria mesmo estando afastado do trabalho.

Durante o período de afastamento, o INSS continuará recolhendo as contribuições previdenciárias. Essas contribuições serão calculadas sobre o valor do benefício que o trabalhador está recebendo e serão recolhidas como se fossem contribuições normais do trabalhador.

No momento da concessão da aposentadoria, o período em que o trabalhador recebeu o auxílio doença será somado ao tempo de contribuição total. Isso significa que o período de afastamento poderá ajudar o trabalhador a atingir o tempo mínimo de contribuição necessário para se aposentar.

Conclusão

O auxílio doença é um benefício que pode ajudar financeiramente trabalhadores que estão temporariamente incapacitados de exercerem suas atividades laborais em decorrência de uma doença ou acidente. Além disso, esse período de afastamento também pode contar como tempo de contribuição para a aposentadoria, desde que esteja dentro do prazo máximo de recebimento do benefício.

É importante que o trabalhador esteja em dia com suas contribuições previdenciárias para garantir que o período de afastamento seja contabilizado como tempo de contribuição. Além disso, é importante estar ciente dos prazos máximos de recebimento do benefício para não perder a oportunidade de contribuir para sua aposentadoria.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas sobre o auxílio doença e como ele pode contar como tempo de contribuição. Para mais informações sobre saúde e bem-estar, continue acompanhando nosso blog. E não se esqueça de manter sua saúde em dia para garantir um futuro tranquilo e saudável.

Tags: No tags

Comments are closed.