Auxílio Doença Para Quem Parou de Contribuir: Como Conseguir?

Você já ouviu falar em auxílio doença para quem parou de contribuir? Se você está desempregado, afastado do trabalho ou não tem mais carteira assinada, mas precisa de auxílio por problemas de saúde, este artigo é para você.

Muitas pessoas acreditam que o benefício do auxílio doença é restrito apenas aos trabalhadores que estão em dia com suas contribuições previdenciárias. No entanto, existem opções de como conseguir o auxílio doença mesmo para quem não contribui mais.

Continue lendo este artigo para descobrir as opções disponíveis e como solicitar o auxílio doença para quem parou de contribuir.

O que é o Auxílio Doença?

O auxílio doença é um benefício previdenciário concedido a trabalhadores que precisam se afastar do trabalho por mais de 15 dias consecutivos por motivo de doença ou acidente. O objetivo do benefício é garantir uma fonte de renda para o trabalhador durante o período de afastamento e oferecer suporte financeiro para o tratamento médico necessário.

Para ter direito ao auxílio doença, é necessário comprovar a incapacidade temporária para o trabalho por meio de perícia médica realizada pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Além disso, é necessário ter cumprido o período de carência, que é o tempo mínimo de contribuição exigido pela previdência social.

Como Conseguir o Auxílio Doença Para Quem Parou de Contribuir?

Para conseguir o auxílio doença para quem parou de contribuir, existem duas opções principais: o BPC-LOAS e a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

BPC-LOAS

O Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC-LOAS) é uma opção para pessoas que não têm condições financeiras de se manterem e que têm uma deficiência ou são idosas. Este benefício é concedido pelo Governo Federal e não exige período de carência ou contribuição previdenciária.

Para solicitar o BPC-LOAS, é necessário que a pessoa tenha renda familiar per capita de até 1/4 do salário mínimo vigente e que a deficiência ou a idade limite seja comprovada por meio de perícia médica do INSS.

Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um sistema que reúne informações sobre famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. Para se inscrever, basta comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua casa e apresentar documentos que comprovem a composição da família, a renda e o endereço.

A inscrição no Cadastro Único permite o acesso a diversos programas sociais, incluindo o auxílio doença. Para solicitar o benefício, é necessário comprovar a incapacidade temporária para o trabalho por meio de perícia médica do INSS.

Conclusão

Se você está passando por dificuldades financeiras devido a problemas de saúde e precisa de auxílio, saiba que existem opções disponíveis mesmo para quem não está mais contribuindo para a previdência social.

O BPC-LOAS e a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal são duas opções que podem ajudar a garantir uma renda durante o período de afastamento do trabalho. Não deixe de procurar ajuda e orientação caso precise de auxílio doença para quem parou de contribuir.

Tags: No tags

Comments are closed.