Boca Amarga Pode Ser Sinal de Câncer: Conheça os Sintomas e Tratamentos Disponíveis

Você já teve a desagradável sensação de amargor na boca, mesmo após escovar os dentes e usar enxaguante? Esse sintoma pode ser um sinal de alerta para diversas condições de saúde, incluindo o câncer. Neste artigo, vamos explorar como a boca amarga pode ser um indicativo da doença e quais são as opções de tratamento disponíveis.

O câncer oral é um tipo de tumor que pode surgir em diferentes regiões da boca, como lábios, língua, gengiva, bochechas e palato. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que serão diagnosticados cerca de 16.910 novos casos de câncer bucal em 2021 no Brasil. O diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de cura e preservar a qualidade de vida do paciente.

Um dos sinais de alerta para o câncer oral é a boca amarga. Esse sintoma está relacionado a diversas condições, incluindo refluxo gastroesofágico, diabetes, problemas hepáticos e renais, efeitos colaterais de medicamentos e infecções virais e bacterianas. No entanto, quando a boca amarga é acompanhada por outros sintomas, como feridas na boca, dificuldade para engolir, dor ao mastigar, alterações na fala e perda de peso, pode indicar um quadro de câncer oral.

Como é Feito o Diagnóstico do Câncer Oral?

O diagnóstico do câncer oral é feito por meio de uma avaliação clínica e exames complementares, como biópsia, radiografia e tomografia. O exame clínico é realizado pelo dentista ou dermatologista, que observa a aparência da boca e da pele ao redor. A biópsia consiste na retirada de uma amostra do tecido suspeito para análise em laboratório. Os exames de imagem, como a radiografia e a tomografia, ajudam a identificar a extensão do tumor e a presença de metástases em outras partes do corpo.

O tratamento do câncer oral depende do estágio do tumor e das condições do paciente. As opções incluem cirurgia para remover o tumor, radioterapia para destruir as células cancerígenas, quimioterapia para reduzir o tamanho do tumor e imunoterapia para estimular o sistema imunológico a combater o câncer. Em alguns casos, é necessário combinar duas ou mais modalidades de tratamento para obter melhores resultados.

Como Prevenir o Câncer Oral?

A prevenção do câncer oral envolve hábitos saudáveis e visitas regulares ao dentista. Algumas medidas simples que podem ajudar a reduzir o risco de câncer oral incluem:

– Não fumar ou usar tabaco em outras formas
– Evitar o consumo excessivo de álcool
– Manter uma dieta balanceada rica em frutas, vegetais e fibras
– Escovar os dentes e usar fio dental diariamente
– Usar protetor solar nos lábios e na pele exposta ao sol
– Realizar exames odontológicos regulares e estar atento aos sinais de alerta para o câncer oral.

Conclusão

A boca amarga pode ser um sintoma de diversas condições de saúde, incluindo o câncer oral. É importante estar atento aos sinais de alerta e procurar um profissional de saúde para avaliação. O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura e preserva a qualidade de vida do paciente. A prevenção do câncer oral envolve hábitos saudáveis e visitas regulares ao dentista. Cuide da sua saúde bucal e proteja-se contra o câncer oral.

Fontes:

– INCA. Câncer Oral. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-boca-e-garganta Acesso em 01 de setembro de 2021.
– Mayo Clinic. Bitter taste in mouth. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/symptoms/bitter-taste-in-mouth/basics/definition/sym-20050956 Acesso em 01 de setembro de 2021.

Tags: No tags

Comments are closed.