Câncer de Intestino: Dor na Lombar pode ser um Sintoma?

O câncer de intestino é uma das formas mais comuns de câncer em todo o mundo. Como muitos outros tipos de câncer, ele pode ser difícil de detectar precocemente, o que pode reduzir significativamente as chances de cura. Uma das razões pelas quais o câncer de intestino pode ser difícil de detectar é que seus sintomas podem ser vagos e facilmente confundidos com outras condições. Neste artigo, exploraremos a relação entre o câncer de intestino e a dor na lombar, um sintoma que pode ser facilmente negligenciado.

O que é câncer de intestino?

Antes de discutirmos a dor na lombar, é importante entender o que é câncer de intestino. O câncer de intestino é um tipo de câncer que afeta o intestino grosso ou o reto. É um tipo de câncer que se desenvolve lentamente ao longo do tempo e pode se espalhar para outras partes do corpo se não for tratado. Os sintomas do câncer de intestino podem incluir mudanças no hábito intestinal, dor abdominal, inchaço, fadiga, perda de peso e sangue nas fezes.

Dor na lombar e câncer de intestino

A dor na lombar pode ser um sintoma de câncer de intestino, mas é importante notar que nem todas as pessoas com câncer de intestino experimentam dor na lombar. A dor na lombar é mais comumente associada a problemas na coluna vertebral, como hérnia de disco ou artrite. No entanto, se você tem dor na lombar que não desaparece com o tempo e não pode ser explicada por outra condição, é importante falar com seu médico para determinar se pode ser um sintoma de câncer de intestino.

Outros sintomas do câncer de intestino

Além da dor na lombar, existem outros sintomas que podem indicar câncer de intestino. Esses sintomas incluem:

– Mudanças no hábito intestinal: Isso pode incluir diarreia, constipação ou fezes que parecem diferentes do normal.
– Sangue nas fezes: Isso pode ser um sinal de que há uma hemorragia no trato intestinal.
– Dor abdominal: Isso pode ser uma dor constante ou cólicas intermitentes.
– Inchaço: Isso pode ser um inchaço abdominal que não desaparece com o tempo.
– Fadiga: Isso pode ser uma fadiga que não desaparece com o descanso.
– Perda de peso: Isso pode ser uma perda de peso inexplicável.

Quem está em risco de câncer de intestino?

Existem alguns fatores que podem aumentar o risco de desenvolver câncer de intestino. Esses fatores incluem:

– Idade: O câncer de intestino é mais comum em pessoas com mais de 50 anos.
– Histórico familiar: Pessoas com parentes de primeiro grau com câncer de intestino têm maior risco de desenvolver a doença.
– Dieta: Uma dieta rica em gorduras e pobre em fibras pode aumentar o risco de câncer de intestino.
– Sedentarismo: A falta de atividade física pode aumentar o risco de câncer de intestino.
– Tabagismo: O tabagismo aumenta o risco de câncer de intestino.

Como é diagnosticado o câncer de intestino?

O câncer de intestino é diagnosticado por meio de uma série de exames, que podem incluir:

– Exame retal: O médico pode usar um dedo lubrificado para examinar o reto e o cólon.
– Colonoscopia: Um tubo flexível com uma câmera é inserido no cólon para examiná-lo em busca de sinais de câncer.
– Sigmoidoscopia: Um tubo flexível com uma câmera é inserido no reto e no cólon sigmoide para examiná-los em busca de sinais de câncer.
– Tomografia computadorizada: Uma imagem detalhada do cólon é criada usando raios-X e um computador.
– Ressonância magnética: Uma imagem detalhada do cólon é criada usando um campo magnético.

Como é tratado o câncer de intestino?

O tratamento para o câncer de intestino depende do estágio da doença e pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia e terapia biológica. A cirurgia é geralmente o primeiro passo no tratamento do câncer de intestino. Durante a cirurgia, o tumor é removido juntamente com parte do cólon ou do reto. A radioterapia usa radiação para matar as células cancerígenas, enquanto a quimioterapia usa medicamentos para matar as células cancerígenas. A terapia biológica é uma forma de tratamento que usa medicamentos para ajudar o sistema imunológico a combater o câncer.

Conclusão

O câncer de intestino é uma doença grave que pode ser difícil de detectar precocemente. A dor na lombar pode ser um sintoma de câncer de intestino, mas nem todas as pessoas com câncer de intestino experimentam dor na lombar. É importante estar ciente de outros sintomas que podem indicar câncer de intestino e falar com seu médico se você tiver algum desses sintomas. O câncer de intestino pode ser tratado com sucesso se for detectado precocemente, então é importante fazer exames regulares para detectar a doença o mais cedo possível.

Tags: No tags

Comments are closed.