Câncer de pele melanoma: O que é, causas, sintomas e prevenção

O câncer de pele melanoma é um dos tipos mais agressivos de câncer de pele, e pode ser fatal se não for detectado e tratado precocemente. Neste artigo, vamos entender melhor o que é o melanoma, suas causas, sintomas e como preveni-lo.

O que é o câncer de pele melanoma?

O melanoma é um tipo de câncer de pele que se origina nas células produtoras de pigmento da pele, chamadas melanócitos. Essas células são responsáveis por produzir melanina, o pigmento que dá cor à pele e protege contra os danos causados pela radiação ultravioleta (UV) do sol.

Quando os melanócitos sofrem danos no DNA, podem começar a crescer e se multiplicar de forma descontrolada, formando tumores na pele. Se esses tumores não são tratados precocemente, podem se espalhar para outras partes do corpo, tornando-se um câncer metastático.

Quais são as causas do melanoma?

A principal causa do melanoma é a exposição excessiva à radiação UV do sol. Pessoas de pele clara, com sardas ou com histórico familiar de melanoma têm maior risco de desenvolver a doença. O uso de câmaras de bronzeamento também aumenta o risco de melanoma.

Outros fatores de risco incluem:

– Ter muitas pintas ou manchas na pele;
– Ter pele que queima facilmente, mas não bronzeia;
– Ter tido queimaduras solares graves na infância;
– Ter um sistema imunológico enfraquecido;
– Ter histórico de outros tipos de câncer de pele.

Quais são os sintomas do melanoma?

O melanoma geralmente começa como uma pinta ou mancha na pele que muda de cor, tamanho ou forma ao longo do tempo. Essas mudanças podem ser um sinal de que a pinta está se tornando cancerosa.

Os sintomas do melanoma incluem:

– Uma pinta ou mancha na pele que muda de cor, tamanho ou forma;
– Uma pinta ou mancha que coça, arde ou sangra;
– Uma pinta ou mancha que fica elevada ou com crosta;
– Uma pinta ou mancha que se parece com uma ferida que não cicatriza.

Como prevenir o melanoma?

A prevenção do melanoma começa com a proteção adequada contra a radiação UV do sol. Para isso, é importante:

– Usar protetor solar diariamente, com fator de proteção solar (FPS) de no mínimo 30;
– Usar chapéus, óculos de sol e roupas de proteção solar;
– Evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h;
– Evitar o uso de câmaras de bronzeamento.

Além disso, é importante ficar atento aos sinais da pele e fazer exames regulares com um dermatologista para detectar possíveis mudanças nas pintas ou manchas.

Conclusão

O câncer de pele melanoma é um problema de saúde grave que pode ser prevenido com medidas simples, como a proteção adequada contra a radiação UV do sol. É importante estar atento aos sinais da pele e fazer exames regulares com um dermatologista para detectar possíveis mudanças nas pintas ou manchas. Ao tomar essas medidas preventivas, é possível reduzir o risco de desenvolver melanoma e garantir uma vida mais saudável e feliz.

Tags: No tags

Comments are closed.