Cetamina para depressão: entenda como funciona

A depressão é uma das doenças mentais mais comuns em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 264 milhões de pessoas sofrem com essa condição. E apesar de haver diversas opções de tratamento, muitos pacientes ainda não encontram alívio para seus sintomas.

Mas uma nova abordagem tem ganhado espaço na área da saúde mental: o uso da cetamina para tratar a depressão. Conhecida por sua capacidade de aliviar a dor e a ansiedade em procedimentos médicos, a cetamina agora está sendo estudada como uma opção para pacientes com depressão resistente a tratamentos convencionais.

Neste artigo, vamos explorar o que é a cetamina, como ela funciona no tratamento da depressão e quais são as suas vantagens e desvantagens. Continue lendo para saber mais.

O que é a cetamina?

A cetamina é um anestésico dissociativo que foi desenvolvido na década de 1960. Ela é usada em procedimentos médicos para induzir a anestesia geral, mas também pode ser usada em doses menores para aliviar a dor ou a ansiedade.

A cetamina age no cérebro bloqueando um receptor específico, conhecido como receptor NMDA. Esse receptor está envolvido em processos de aprendizagem, memória e emoção, e sua ativação pode levar a uma série de efeitos, incluindo a depressão.

Como a cetamina funciona no tratamento da depressão?

Embora a cetamina seja usada principalmente como anestésico, estudos recentes têm mostrado que ela também pode ser eficaz no tratamento da depressão. A cetamina age de uma maneira diferente dos antidepressivos convencionais, que atuam nos neurotransmissores no cérebro.

Ao bloquear o receptor NMDA, a cetamina aumenta a liberação de outro neurotransmissor, o glutamato. O glutamato é importante para a comunicação entre as células cerebrais, e seu aumento pode levar a uma série de efeitos positivos, incluindo a melhoria do humor e a redução da ansiedade.

Além disso, a cetamina também age em outras partes do cérebro, incluindo o sistema límbico, que está envolvido em processos emocionais. Isso pode levar a uma redução da ansiedade e do estresse, que são sintomas comuns da depressão.

Quais são as vantagens da cetamina no tratamento da depressão?

Uma das principais vantagens da cetamina é a rapidez com que ela age. Enquanto os antidepressivos convencionais podem levar semanas ou até meses para fazer efeito, a cetamina pode começar a mostrar resultados em questão de horas ou dias.

Além disso, a cetamina pode ser eficaz em pacientes que não respondem a outros tratamentos para a depressão. Isso inclui pacientes com depressão resistente a antidepressivos ou aqueles que não podem tolerar os efeitos colaterais desses medicamentos.

Outra vantagem da cetamina é que ela pode ser administrada por via intravenosa (IV) ou intranasal, o que facilita o seu uso em ambientes ambulatoriais. Isso significa que os pacientes podem ser tratados em clínicas ou consultórios médicos, sem a necessidade de internação hospitalar.

Quais são as desvantagens da cetamina no tratamento da depressão?

Apesar de suas vantagens, a cetamina também apresenta algumas desvantagens. Uma das principais é o seu potencial de abuso. A cetamina é uma substância controlada nos Estados Unidos e em muitos outros países, devido ao seu potencial de causar dependência.

Além disso, a cetamina pode causar efeitos colaterais, como náusea, tontura e alterações na pressão arterial. Esses efeitos geralmente são temporários e desaparecem rapidamente após a infusão de cetamina.

Outra desvantagem da cetamina é que ela não é uma cura para a depressão. Ela pode aliviar os sintomas temporariamente, mas os pacientes ainda precisam de acompanhamento médico e psicológico para tratar a causa subjacente da depressão.

Conclusão

A cetamina é uma nova abordagem no tratamento da depressão que tem mostrado resultados promissores. Embora ainda haja muitas perguntas sobre a segurança e a eficácia da cetamina a longo prazo, ela pode ser uma opção para pacientes que não respondem a outros tratamentos para a depressão.

Se você está lutando contra a depressão, é importante conversar com seu médico sobre as opções de tratamento disponíveis. A cetamina pode ser uma escolha viável para alguns pacientes, mas é importante pesar os riscos e benefícios antes de decidir se submeter a esse tratamento.

Referências:
– https://www.nimh.nih.gov/health/topics/depression/index.shtml
– https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6449676/
– https://www.healthline.com/health/depression/cetamine-for-depression
– https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/depression/expert-answers/ketamine-for-depression/faq-20457757

Tags: No tags

Comments are closed.