CID Hipertensão Arterial Sistêmica: o que é e como prevenir

A hipertensão arterial sistêmica é uma condição comum em que a pressão arterial nas artérias é elevada. Ela pode levar a complicações graves, como doenças cardíacas, derrames e insuficiência renal. O CID Hipertensão Arterial Sistêmica é uma classificação da doença usada para fins estatísticos e de diagnóstico. Neste artigo, vamos falar mais sobre o CID Hipertensão Arterial Sistêmica, suas causas, sintomas e como prevenir.

O que é CID Hipertensão Arterial Sistêmica?

CID é a sigla para Classificação Internacional de Doenças, um sistema de classificação criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O CID Hipertensão Arterial Sistêmica é a classificação da hipertensão arterial sistêmica, que é a pressão arterial elevada que afeta os vasos sanguíneos em todo o corpo.

A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica e silenciosa que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo. Ela é uma das principais causas de doenças cardíacas, derrames e insuficiência renal. A pressão arterial normal deve ser inferior a 120/80 mmHg. Quando a pressão arterial está acima desse valor, é considerada hipertensão.

As causas da hipertensão arterial sistêmica

Muitos fatores podem contribuir para o desenvolvimento da hipertensão arterial sistêmica. Alguns deles incluem:

– Genética: a hipertensão arterial sistêmica pode ser herdada de pais para filhos.
– Idade: a hipertensão arterial sistêmica é mais comum em pessoas com mais de 60 anos.
– Estilo de vida: a dieta rica em sal, o sedentarismo, o consumo excessivo de álcool e o tabagismo podem aumentar o risco de hipertensão arterial sistêmica.
– Doenças: doenças como diabetes, obesidade e apneia do sono podem aumentar o risco de hipertensão arterial sistêmica.

Os sintomas da hipertensão arterial sistêmica

A hipertensão arterial sistêmica é uma doença silenciosa que muitas vezes não apresenta sintomas. Quando os sintomas aparecem, eles podem incluir:

– Dor de cabeça
– Tontura
– Zumbido nos ouvidos
– Visão embaçada
– Falta de ar
– Dor no peito

Como prevenir a hipertensão arterial sistêmica

A hipertensão arterial sistêmica pode ser prevenida ou controlada com algumas mudanças no estilo de vida, como:

– Alimentação saudável: uma dieta rica em frutas, verduras, legumes e alimentos com baixo teor de gordura e sal pode ajudar a prevenir a hipertensão arterial sistêmica.
– Exercícios físicos: a prática regular de atividades físicas pode ajudar a controlar a pressão arterial.
– Redução do consumo de álcool: o consumo excessivo de álcool pode aumentar a pressão arterial.
– Parar de fumar: o tabagismo é um fator de risco para a hipertensão arterial sistêmica.
– Controle do estresse: o estresse crônico pode aumentar a pressão arterial.

Conclusão

A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica e silenciosa que pode levar a complicações graves. O CID Hipertensão Arterial Sistêmica é a classificação da doença usada para fins estatísticos e de diagnóstico. É importante prevenir ou controlar a hipertensão arterial sistêmica com mudanças no estilo de vida, como alimentação saudável, exercícios físicos e controle do estresse. Consulte sempre um médico para avaliar sua pressão arterial e orientar sobre o tratamento adequado.

Tags: No tags

Comments are closed.