Como é um câncer de garganta: sintomas, causas e tratamentos

O câncer de garganta é uma doença que afeta a parte da garganta que fica logo abaixo da boca e do nariz, conhecida como orofaringe. Esse tipo de câncer pode se desenvolver em diferentes partes da garganta, incluindo a base da língua, amígdalas, palato mole e faringe.

Neste artigo, vamos explorar como é um câncer de garganta, seus sintomas, causas e tratamentos, para que você possa entender melhor sobre essa doença e buscar ajuda médica o mais rápido possível caso suspeite de algo.

Sintomas de câncer de garganta

Os sintomas do câncer de garganta podem variar dependendo da localização do tumor. No entanto, alguns dos sintomas mais comuns incluem:

– Dor de garganta persistente
– Dificuldade para engolir
– Mudanças na voz ou rouquidão
– Inchaço dos gânglios linfáticos do pescoço
– Sensação de nódulo na garganta
– Tosse persistente
– Perda de peso inexplicável
– Dor de ouvido

Se você está experimentando esses sintomas por mais de duas semanas, é importante procurar um médico para uma avaliação e diagnóstico.

Causas de câncer de garganta

O câncer de garganta é geralmente causado por mutações genéticas que levam ao crescimento descontrolado de células anormais na garganta. No entanto, existem alguns fatores de risco que podem aumentar a probabilidade de desenvolver essa doença, incluindo:

– Tabagismo: o tabagismo é um dos principais fatores de risco para o câncer de garganta, pois as toxinas do cigarro podem danificar as células da garganta.
– Consumo excessivo de álcool: o consumo excessivo de álcool pode danificar as células da garganta e aumentar o risco de câncer.
– Infecção por HPV: o papilomavírus humano (HPV) é uma infecção sexualmente transmissível que pode aumentar o risco de câncer de garganta.
– Exposição a produtos químicos: a exposição a produtos químicos tóxicos, como amianto e produtos químicos industriais, pode aumentar o risco de câncer de garganta.

Tratamentos para câncer de garganta

O tratamento do câncer de garganta depende da localização e do estágio do tumor. Alguns dos tratamentos mais comuns incluem:

– Cirurgia: a cirurgia pode ser usada para remover o tumor e tecido circundante.
– Radioterapia: a radioterapia usa radiação para matar células cancerosas.
– Quimioterapia: a quimioterapia usa medicamentos para matar células cancerosas.
– Imunoterapia: a imunoterapia usa o sistema imunológico do corpo para combater o câncer.

Além desses tratamentos, os pacientes com câncer de garganta também podem precisar de terapia de fala e alimentação para ajudá-los a recuperar a capacidade de engolir e falar normalmente após o tratamento.

Conclusão

O câncer de garganta pode ser uma doença grave que requer tratamento médico imediato. É importante estar ciente dos sintomas do câncer de garganta e procurar ajuda médica caso suspeite de algo.

Além disso, é importante evitar fatores de risco para o câncer de garganta, como tabagismo e consumo excessivo de álcool, para reduzir o risco de desenvolver essa doença.

Se você foi diagnosticado com câncer de garganta, é importante trabalhar em estreita colaboração com sua equipe médica para determinar o melhor plano de tratamento para suas necessidades individuais. Com o tratamento adequado, muitos pacientes com câncer de garganta conseguem se recuperar totalmente e voltar a ter uma vida normal.

Tags: No tags

Comments are closed.